Registe em poucos segundos a nossa newsletter e receba todas as novidades.

Acrilsports

#GetsYouFurther

Trekking, liberdade e bem-estar

O Trekking passou a ser mais do que um desporto, é um estilo de vida. Há quem diga que quando se começa não se quer outra coisa e chega a tornar-se viciante. O descobrir, o estar em comunhão com a Natureza revitaliza a alma e energiza.

O Trekking passou a ser mais do que um desporto, é um estilo de vida. Há quem diga que quando se começa não se quer outra coisa e chega a tornar-se viciante.

O descobrir, o estar em comunhão com a Natureza revitaliza a alma e energiza.

Existem, por estes dias, imensas páginas no Instagram que mostram um pouco tudo isto, servem de guia, deixam ver um pouco do Portugal esquecido, aquele que só se encontra, percorrendo montes e vales, a pé.

Uma dessas páginas pertence à Carina, ou melhor, à Rapariga Caminhante.

Como começou esta aventura?

Esta aventura começou mais ou menos há 3 anos.

Na altura estava com uma depressão, já não faltava muito para ir de férias e meti na cabeça que tinha que fazer algo diferente e não ir de férias mais uma vez para o Algarve pois tenho lá família.

Eu disse para mim mesma que tinha que ir para um sítio que não conhecia, então escolhi a Lousã e o Gerês.

Lá fui eu sozinha para uma zona desconhecida, mas foi a melhor decisão.

Na Lousã, o alojamento onde estava, tinha uma empresa de atividades turísticas e foi então que uma fotografia me chamou a atenção! Vi natureza, uma cascata e a palavra percursos pedestres. 

Fiquei interessada e perguntei se podiam arranjar-me um guia para ir aquele sítio disseram que sim e lá fui eu.

Desde então que nunca mais parei de fazer caminhadas.

O que é que o trekking te traz? Que tipo de benefício?

Para mim alivia o stress do dia a dia e do trabalho, saio de uma caminhada completamente renovada. Receber a energia da natureza é bom para o nosso corpo.

É um escape à rotina ou fazes disso profissão?

É mais um hobby e uma paixão, já fiz um trabalho ou outro como guia mas como estou habituada a caminhar maioritariamente sozinha não consigo estar rodeada de muitas pessoas pois o que quero mais nas caminhadas é poder ouvir a natureza, a água, os animais, as árvores quando o vento as abana.

Rapariga Caminhante

O que te leva a partilhar as tuas caminhadas?

Quero que todos vejam que o nosso Portugal é lindo a pé, há muita coisa que não conseguimos ver de carro. Então esta é uma forma de divulgar e de incentivar as pessoas a caminharem mais.

Sentes que és um pouco uma guia turística, por dares a conhecer tantos sítios esquecidos do nosso País?

Acabo por ser uma guia online, sim! Comunico nos vídeos, mostro o percurso desde o início até ao fim.

Recomendas? Que conselhos deixas a quem quer começar?

Recomendo totalmente! Além dos benefícios que traz para a nossa saúde, tanto física quanto mental, acabamos por viajar mais no nosso País que tanto merece ser desvendado.

Para quem deseja começar, se não sentirem confiança em andar sozinhos nos percursos podem primeiro arranjar uma empresa que faça caminhadas com guia.

Quando se sentirem mais confiantes comecem pelos trilhos mais fáceis e depois com o tempo vão evoluindo.

É importante saberem orientar-se também com um GPS para não se perderem caso haja falhas de sinalização nos trilhos e já existem imensas aplicações com os percursos para poderem seguir e gravar.

Agora, é só pegar na mochila e partir à aventura!

O Nosso Grupo