Want to get 10% discount on your first buy?

Subscribe our newsletter

Subscribing to our newsletter you accept our privacy policy.

Treinar na Gravidez

Muitas mulheres sentem-se inseguras em relação à prática de desporto durante a gravidez. Não só é um mito como a prática de desporto aporta inúmeros benefícios para a mãe e para o bebé. Os exercícios aeróbicos, como a corrida, a natação, a caminhada ou a dança, podem ajudar a manter a forma durante a gravidez, além de melhorar a circulação sanguínea, ajudar a prevenir dores nas costas e ainda aumentar os níveis de energia. Estes exercícios também ajudam a fortalecer os músculos e a prevenir o inchaço, o que é muito importante durante a gravidez.

Um dos maiores benefícios do treino durante a gravidez é o de poder reduzir o risco de desenvolver diabetes gestacional e hipertensão, mas também melhora a qualidade do sono e a redução do stress.

A gravidez é um momento de grande alegria e carga emocional mas é, também, uma altura de grandes alterações hormonais, esforço metabólico e mudanças físicas. Estudos mostram que a prática regular de exercícios durante a gravidez pode reduzir o risco de parto prematuro e facilitar o momento do parto. Embora existam muitos benefícios, é importante lembrar que alguns exercícios não são adequados para mulheres grávidas.

O exercício mais seguro para mulheres grávidas é o exercício cardiorrespiratório de baixa intensidade, como a caminhada ou a natação. O treino de força também é seguro durante a gravidez, desde que sejam usados pesos leves e que sejam realizados movimentos suaves. Esta forma de exercício pode ajudar a fortalecer os músculos e a melhorar a postura. É importante que a mulher grávida faça os exercícios de forma gradual e ajuste a intensidade de acordo com os sintomas.

Desporto sim, sedentarismo não

Cada sessão de treino ou atividade física preparam o corpo para o parto e ajudam a prevenir ou aliviar as cólicas, dores nas costas e problemas de circulação típicos da gravidez. Deixamos alguns exemplos de exercício físico perfeito para os meses de gravidez… mas não só, claro.

1.Caminhada:

Caminhar é um dos melhores exercícios para grávidas devido ao seu ritmo suave e ao fato de que não envolve saltos ou movimentos bruscos. Caminhar também pode ajudar as grávidas a se sentirem mais relaxadas e menos stressadas.

2. Pilates:

O Pilates é outro excelente exercício para grávidas porque ajuda a melhorar a postura, fortalecer os músculos abdominais e fortalecer a zona pélvica. Mas os benefícios não acabam aqui. Exige muita concentração, equilíbrio e flexibilidade, e tem a particularidade de poder ser praticado no conforto da sua casa. Na Acrilsports encontra não só o tapete ideal para a sua prática como uma roda que ajuda a esticar todo o seu corpo e aumentar a sua flexibilidade, pensado para aliviar a dor nas costas e melhorar a flexibilidade pélvica dos músculos adutores. A bola de pilates, usada quer nos exercícios quer nos alongamentos, também pode ser uma excelente ajuda durante o trabalho de parto, seja facilitando posições fisiológicas, incentivando a descida fetal e o relaxamento pélvico, ou ajudando a aliviar dores nas costas, entre muitos outros usos.

3. Natação:

A natação é um ótimo exercício para grávidas porque ajuda a aliviar a tensão nas costas e nos quadris e fornece um excelente treino cardiovascular. Além disso, a água ajuda a suportar o peso do corpo, permitindo que as grávidas se movimentem com menos esforço. Menos inchaço, relaxamento muscular, alívio de dores, prevenção de desequilíbrios corporais dado ser um desporto que reforça as costas e, à medida que a barriga vai crescendo, a gestante vai precisar dessa força extra.

4. Alongamentos:

O alongamento é útil para ajudar a aliviar a tensão muscular e prevenir lesões durante a gravidez. Além disso, o alongamento pode ajudar as grávidas a se sentirem mais relaxadas e melhorar a sua flexibilidade.

5. Treino de força

Indicado para todas as mulheres durante a gravidez, com pesos leves. Para as mulheres que já faziam treino de força antes da gravidez deve proceder-se a uma redução dos pesos em cada exercício. Para quem não o fazia antes, deve limitar-se a pesos muito leves, que apenas dificultem os movimentos para que haja algum atrito.

6. Bicicleta Estática

O uso da bicicleta estática deve ser feito nos primeiros dois trimestres de gravidez, até cinco vezes por semana. Mais uma vez, a intensidade é um aspeto fulcral, tendo de ter atenção aos batimentos cardíacos, não ultrapassando os 140 BPM limitando o tempo em cima da bicicleta entre 25 a 30 minutos.

Supervisão médica

É importante lembrar que é necessária a supervisão de um profissional de saúde qualificado para garantir que os exercícios sejam seguros. A mulher grávida deve falar com o seu médico, explicar as suas intenções e certificar-se que não tem quaisquer impedimentos de saúde.

E é claro que, tal como há várias fases da gravidez, também os exercícios ou desportos a fazer, bem como as intensidades, mudam e se adaptam. Após luz verde do seu profissional de saúde não há ninguém melhor que a própria mulher para saber até onde deve ir, o que deve fazer e que necessidades tem, escolhendo o seu meio (água, casa, rua, ginásio) e o seu exercício.

Em conclusão, a prática de desporto durante a gravidez pode trazer muitos benefícios para a mãe e para o bebé. Mas também ajuda, e muito, à recuperação pós parto:

Praticar exercício físico durante a gravidez torna o processo de regresso à forma física pré gravidez muito mais suave. Isto porque parte de um estado físico dinâmico, ao contrário do que aconteceria se se tivesse votado ao sedentarismo, o que não é censurável, por todas as razões (alterações biológicas) que já descrevemos.

Massagem e relaxamento

Algumas mulheres passam pela gravidez quase sem dores e rigidez muscular mas a verdade é que o mais provável é o contrário tais são as transformações nos seus corpos. Algumas das ferramentas que se podem usar já foram aqui descritas descrevemos, mas há outras também. Na Acrilsports tem uma secção inteira dedicada à recuperação e massagem onde encontra, por exemplo, uma bola dupla de massagem em silicone que foi desenhada para massajar o seu corpo com o seu próprio peso.

No nosso site encontra, também, o nosso blogue, no qual encontrará dicas e exercícios e no qual publicamos novos artigos todos os meses .

 Quando lhe apetecer algo diferente tem sempre a possibilidade de pedir uma massagem. Acredite, vai precisar de muitas. E para além da cura física funciona como estímulo emocional.

A mulher grávida, como qualquer outra pessoa, deve recusar o sedentarismo. Podem parecer nove meses infindáveis mas com exercício serão certamente mais agradáveis.

Want to get 10% discount on your first buy?
Subscribe our newsletter