Registe em poucos segundos a nossa newsletter e receba todas as novidades.

Acrilsports

#GetsYouFurther

Marco Fortes, um atleta olímpico

Marco Fortes partilhou connosco a sua experiência e entusiasmo pelo desporto de alta competição ao qual se mantém ligado pela consistência da sua carreira e pela aposta e sensibilização da importância do desporto na formação do carácter e de novos valores.

A poucos dias do início de mais uma edição dos Jogos Olímpicos fomos falar com um dos nomes mais sonantes do nosso portefólio de atletas olímpicos nacionais.

Marco Fortes partilhou connosco a sua experiência e entusiasmo pelo desporto de alta competição ao qual se mantém ligado pela consistência da sua carreira e pela aposta e sensibilização da importância do desporto na formação do carácter e de novos valores.

Os Jogos Olímpicos estão de volta ao Oriente desta vez ao Japão. Que memória mais importante guardas da tua participação nos Jogos Olímpicos de Pequim?

Jogos Olímpicos de volta ao oriente é sinónimo de jogos bem sucedidos, não só pelas excelentes infraestruturas que esses normalmente oferecem, mas também pelos altos níveis de disciplina organizacional e standard de qualidade que normalmente revelam.

Se é verdade que as memórias que se destacam da minha primeira aparição nos Jogos Olímpicos não são as melhores é também verdade ainda assim, que houve momentos mágicos que vivi nos poucos dias que lá estive. Ter vivido o espírito olímpico na primeira pessoa e ter o privilégio de estar do lado e conhecer atletas como Roger Federer, Usain Bolt, Kobe Bryant entre outros foi magnífico e muito enriquecedor.

O que te levou a escolher a modalidade do lançamento de peso?

Tive a felicidade de ter tido uma formação desportiva muito rica, passando e experimentando todas as disciplinas do atletismo, da marcha atlética até ao salto a vara. Acho que sou dos poucos atletas que podem dizer que a modalidade me escolheu a mim, pois sendo aquela onde mostrei mais competências, a escolha acabou por ser natural, mesmo não tendo sido a primeira opção.

Os Jogos Olímpicos eram um dos teus objectivos?

Para qualquer jovem que inicia uma carreira no desporto, os Jogos Olímpicos são o ponto mais alto dos seus percursos e para mim não foi diferente. Ir aos Jogos Olímpicos não só era um objetivo desportivo, como era um objetivo de vida, uma razão para existir e persistir.

Todas as vitórias têm o mesmo sabor? Qual foi a tua vitória mais suada?

Há vitórias que são muito especiais, mas existem marcos que se atingem que valem mais do que vitórias. Ter sido quinto classificado no campeonato do mundo em 2011 foi sem dúvida um acontecimento que marcou toda a minha carreira e me colocou a um nível de reconhecimento internacional sem precedentes; esse foi o meu feito “mais suado” pois abriu-me portas muito interessantes a nível internacional e confirmou a minha posição e importância no panorama nacional e internacional.

Quais são os benefícios que mais destacas na prática da tua modalidade?

Bem, o desporto de alta competição está associado a grandes desgastes, tanto físicos como psicológicos, que nem sempre têm um impacto positivo, mas quem conseguir superar todas estas dificuldades no desporto, está preparado para tudo aquilo que a vida lhe atirar.

Que expectativas depositas na participação de Francisco Belo nos jogos de Tóquio?

O Francisco é um atleta fantástico e um competidor ainda melhor, por isso espero que represente Portugal com o seu melhor. Vai ser uma competição extremamente difícil, mas acredito que no final vai-nos dar motivos para sorrir.

Sentes alguma evolução na prática e desempenho do Atletismo português desde 2008?

Sem dúvida alguma! Com o investimento em infraestruturas e em outras áreas multidisciplinares que influenciam toda a preparação do atleta, vejo os atletas portugueses muito mais preparados para competir com as outras nações. Não é por acaso que temos tido vários atletas campeões da Europa e do Mundo ultimamente.

Para além da tua modalidade, há mais alguma que gostes particularmente de seguir durante os jogos Olímpicos?

Sou um homem do desporto e da competição, adoro os Jogos Olímpicos! É claro que tudo o que se passa na pista de atletismo é muito interessante para mim, mas todas a modalidades e desportos onde estejam portugueses a competir vão ser muito interessantes de seguir.

O Nosso Grupo